Muitos conteúdos para conectar você ao Mundo dos Investimentos

Navegar pelos Conteúdos:

Porque diversificar os investimentos?

Atualizado: há 2 dias

Pensa num cenário... Em dado momento, a família toda se agita. A vontade daquela união, onde cada um quer tirar o máximo proveito daquela próxima viagem para a praia. Curtir o momento do fim de semana. Compram chapéus, novas tolhas, arrumam os guarda-sóis, preparam aquele frango frito.



Sexta-feira chega, carros lotados, muito Sol. Após muitas horas de trânsito, faltando poucos metros para chegar ao destino, a condição do tempo vira do avesso.


Chuva intensa, e aquilo seria o fluxo até o fim de domingo. Faltou aquela olhadinha na previsão do tempo. Com os investimentos, não é diferente.


Ao invés de dedicar toda energia num único evento, um bom planejamento para nosso dinheiro exige que haja uma diversificação, um balanço na distribuição dos recursos, até porque o mercado está a sujeito a movimentações e mudanças em todo instante.


Usamos muito a expressão, investimento em ativos, ou grupo de ativos, são aqueles agentes de interesse que farão o papel de volume e troca incessante de recursos no mercado.




Não precisamos ter uma noção exata dos eventos, até porque a realização também é incerta. Nem sempre estamos preparados para grandes mudanças. É por isso, que devemos entender que tipo de perfil nós temos diante das adversidades, e alocar com algum estudo, quais opções nós temos para uma divisão interessante, e ainda sim, compor uma reserva de emergência em renda fixa.





Esta renda fixa nos dá taxas previas para um certo tempo, além de ter uma liquidez, ou seja, a capacidade de resgate em tempo hábil para usos em casos extremos. As demais parcelas de alocação garantirão uma forma menos arriscada de retorno e ampliar ganhos, inclusive em renda variável, pois possuem a característica de altos ganhos em pouco tempo, independente da quantia, porém sempre com a tal volatilidade do mercado, aquela tendência de altos e baixos conforme o humor dos recursos e integrações dos ativos.


Quando falamos, por exemplo, renda variável em longo prazo, lembre-se de ativos ligados a agricultura. Existirão períodos comuns de produção agrícola, existirão períodos de pouca chuva, mas existirão períodos de alta safra.


Convido-lhe para conhecer as melhores estratégias em gestão esportiva, investindo 10% do seu montante, num mercado de renda variável que existe para motivar ganhos através do desempenho dos atletas e times, com participação e emoção, garantindo retornos variáveis com consistência.


Assim, você terá em sua carteira uma diversificação capaz de trilhar os melhores resultados, medidos semanalmente. Acreditamos que o sucesso está na sua diversificação de investimentos.



Leia conteúdos mais
recentes da C13 Conecta:

@GRUPO C13 2021. Todos os direitos reservados. C13 INVESTIMENTOS

  • YouTube